13 de março de 2012

Stop #StopKony

Escrito por Rafael Leite

Logo da campanha "Invisible Children"
Na semana passada, só se ouvia falar do movimento #StopKony nas redes sociais. Tudo começou pelo vídeo criado por Jason Russell, que mostra os atos cometidos pela LRA, que tem como líder Joseph Kony. Bem, o vídeo é extenso e difícil de ser contado, portanto vejam vocês mesmo antes de lerem o texto:

Bem, primeiramente o vídeo é muito bem feito, e isso me preocupa muito, ainda mais pela babação de ovo em cima dos Estados Unidos em mais da metade dele. O vídeo gira em torno da idéia que “o povo quer, o governo americano faz”. Babaquisse total. E eu não tenho dúvidas que o governo americano vai agir na data mostrada no vídeo. Simples, eles querem que o povo achem que eles são os bons, que o povo tem voz, que com o governo atual o mundo vai pra frente.
O mais absurdo é que, mesmo com a fala de alguém falando que o governo só não agiu porque não tinha interesse na área, as pessoas realmente PENSAM que o governo americano é bonzinho só por ajudar as pessoas lá de Uganda porque o povo pediu. Afinal, o governo americano é o salvador do mundo, sempre ajuda países a resolverem seus conflitos, e tem gente que REALMENTE acha que os EUA não ganham nada com isso... Neste caso, publicidade. Não há interesse econômico na região, mas eles tem interesse na publicidade que vão gerar já que a causa está na internet praticamente prometendo a ação dos EUA caso o povo compartilhasse o vídeo. Quem não quer essa publicidade gratuita?
Além de não concordar com essa “idolatração” do governo americano, também não concordo com os tais “Kits” distribuídos por eles. Eles estão levando uma grana boa em cima da divulgação do vídeo. E não sei pra que, já que quem vai agir, segundo eles, é o governo. E engano seu achar que não tem ninguém lucrando com isso!
É um absurdo o que esse Kony faz (e eu acredito que ele realmente faça, mesmo falando que o vídeo deve ser uma jogada de marketing fudida do governo americano), mas o maior absurdo é o que fazem com a história em cima disso. Tinham que agir independente do povo querer que ajam! Enquanto eles esperam que as pessoas compartilhem o vídeo para poderem agir, pessoas podem estar sendo vítimas do Kony agora mesmo! Ao invés de estar interessados em dinheiro e publicidade, o governo e esse tal de Jason Russell deveriam parar com esse show aí com esse viral e agir. Aliás, as tropas americanas já estão em Uganda, porque estamos compartilhando esse vídeo, mesmo? Ah, idolatrar os EUA. God bless America!

0 comentários:

Postar um comentário