18 de novembro de 2010

Sexismo no Brasil - Projeto: Diga Não ao Preconceito e diga sim à Diversidade Humana

Escrito por Igor Batalha
Colégio Padre Machado
Professor: Cláudio Eduardo
Diciplina: Biologia
Turma: 211
Grupo: Igor Guimarães, Caio Cotrim, André Aleixo




Atualmente é evidente os numerosos estereótipos criados para o sexo masculino, feminino, atingindo também homossexuais ou pessoas com outras opções sexuais.


Para falar desses estereótipos criados pela sociedade, o conceito de Sexismo é extremamente importante e esclarecedor para que possamos obter um melhor entendimento do assunto tão polemico.

Sexismo é o termo que se refere ao conjunto de ações e idéias que privilegiam entes de determinado gênero (ou, por extensão, que privilegiam determinada orientação sexual) em detrimento dos entes de outro gênero (ou orientação sexual).

Vejamos alguns exemplos de idéias sexistas no Brasil:

“É dever natural do homem o sustento da família”

“Mulheres devem ser responsáveis pela casa”

“As mães são mais importantes na formação dos filhos que os pais”

“Homens não choram/ homens devem ser fortes / homem que apanha de mulher é frouxo”

“Trair é da natureza masculina (mas não da feminina)”

“As mulheres são mais frágeis (ou inocentes)”

“Gays são promíscuos/não conseguem controlar seus impulsos sexuais”

“Mulheres não sabem dirigir”


Acredito que o sexismo surge de uma educação precaria, arcaica ou até mesmo ultrapassada, sua origem vem dos velhos costumes.

O amor antigo sempre reprimio a mulher, proibindo-a de executar atividades consideradas na época masculinas, o dever delas era servir seus maridos, cuidar da casa e reprodução.

Com muito custo as mulheres conseguiram provar que sao eficientes nas mesmas áreas que o homem, conquistando a sua liberdade e mostrando para todo o mundo que eram capazes de executar profissões que antigamente nunca haviam sido ocupadas por elas.

Levando para o lado do homossexual, a possibilidade de um casal homossexual conseguir a adoção de uma criança é praticamente impossivel ou quase nula, em outras palavras podemos dizer que o fato da extrema dificuldade de um homossexual conseguir seu pedido aprovado pela justiça é um principio de preconceito e sexismo, tendo condições para criar uma criança nao vejo problema algum.

Concluindo, todos temos capacidade para executar a profissão que desejamos, independentemente do sexo e da opção sexual que escolhemos, confirmando a tese de que não existe um sexo inferior ao outro.
Diga não para o Sexismo!

Referencias Bibliográficas: http://pt.wikipedia.org/wiki/Sexismo

3 comentários:

Anônimo disse...

Ae valeu vc ta certo..me ajudou mt no meu trabalho..

Anônimo disse...

Isso mesmo, concordo, nada a ver esse preconceito contra o sexo oposto, todos somos capazes de realizar qualquer tipo de tarefa, basta querermos, afinal, somos todos da mesma espécie. Somos acima de tudo, seres humanos!!!

Anônimo disse...

"todos temos capacidade para executar a profissão que desejamos" .Me tirem uma duvida, se você fosse contratar um pessoa para carregar toras de madeiras com as mãos, você daria preferência a mulheres ?
Sabendo que biologicamente o homem possui mais força física em comparação a mulher .

Postar um comentário